Censo 2010:Resultado da população de Pentecoste

9 nov

Censo 2010. De acordo com as Estatísticas do Instituto Brasileiro de Geografia o número de habitantes em Pentecoste é de 34.841, o que não mudou muito em relação ao ultimo Censo realizado em 2000 que tinha um total de 32.600 pessoas. Em dez anos o aumento da população foi de 2.241, considerado baixo para o crescimento da cidade e seu desenvolvimento econômico.

Açude de Pentecoste

8 out

Conheça o Açude de Pentecoste.



 O açude Pereira de Miranda um dos pontos turísticos da Cidade de Pentecoste, onde os visitantes podem desfrutar dessa vista privilegiada em um passeio de barco, tendo como paisagem a natureza que beneficia a Região. Além de ser um meio de transporte para os moradores das localidades visinhas.



Livro de Pentecoste e sua História.

23 set

  

Se você quer conhecer um pouco sobre o surgimento desta cidade e suas raízes, vejam aqui o livro da Historia de Pentecoste. Esta obra você pode ter acesso na biblioteca pública de Pentecoste.

         José de Anchieta e Silva conhecido por “Zuza” é autor do livro Pentecoste e sua Historia. A grande inspiração para sua obra é o amor que tem pela a cidade, e os fatos que ocorreram desde seu surgimento. O pouco tempo que estive com ele foi um grande aprendizado, e tive a percepção de um homem rico em conhecimento e de grande nobreza em seu coração. 

    As historias aqui contadas foram narradas pelo o autor:

Autor do livro.

            Biografia. 

      Cheguei a Pentecoste em 1951, me casei constitui família. Tenho 15 filhos no qual 11 são formados, e sou funcionário Público Federal, aposentado.

      Completei 80 anos no dia 10 de julho, e é com enorme satisfação que vos digo que em fevereiro do próximo ano estarei colando grau, me formarei em Historia pela a Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), com incentivo de meus filhos e de toda minha família.

        Sou filho de agricultor, estudei pouco na infância, me casei com 22 anos e só depois de ter nascido meus 15 filhos voltei a estudar. Então eu louvo a Deus pelo o que eu sou hoje, é preciso saber agradecer, e é isso que estou tentando fazer.

O nascimento de Pentecoste.      

   Tudo começou por volta de 1862, quando Bernardino Gomes Bezerra, Um fazendeiro de Canindé, construiu uma casa a fim de trazer a família para vir passa o inverno. Certo dia aproveitando a passagem do padre Francisco da Rocha, naquele lugar Bernardino consultou-o sobre a posição de construir uma igreja naquele local, de acorde os dois e mais pessoas interessadas assentaram os alicerces da igreja, cuja obra ia se edificando, ainda em construção as pessoas foram fazendo suas casas aos redores da igreja, e começaram a cogitar uma nova freguesia, por que esse detrito era de Canindé. Apartes disso as autoridades conseguiram através da lei 1283, elevaram à pequena povoação uma nova freguesia, cujo nome denominado de “Barra”. Sendo que na primeira missa celebrada no dia 4 de julho de 1864 dia de Pentecostes, o padre Manuel Lins aproveitando a oportunidade de todos estarem presentes pediu ao povo, que para servir de memória aquele dia, o lugar fosse mudado de nome pra Pentecostes. Todos concordaram, sendo que houve um lamentável erro de imprensa quando foi registrado, pois o “S” foi omitido, e ficou Pentecoste.

Primeira casa a ser construida em Pentecoste, onde ficou hospedado o Presidente da República Juscelino Kubitschek.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os três anos de seca.

 Entre 1877 e 1879 não houve chuva, Pentecoste ficou muito seco o povo vivia numa miséria tremenda, chegaram a morrer gente de fome, os animais eram dizimados quase completamente, nada que plantassem vingava. Muitas famílias migraram de Pentecoste em busca de melhorias. O padre Luiz de Sousa Leitão já em aflição pela a calamidade que aquelas famílias estavam passando, buscou recursos do Governo para atender as necessidades daquele povo aflito, a ajuda lhe foi concedida, onde ele mesmo administrou os recursos enviados.

       Libertação dos escravos

     Em 1883, o povo ainda convalescente da seca não deixou de patriotismo. No Ceará, reinava a propaganda absolutista. Já haviam sido libertados diversos municípios, e Pentecoste cooperou para a gloriosa historia da libertação da província, e assim fez a sua festa de liberdade. A festa se concluiu com a leitura do documento assinado pelo o vigário Luiz de Sousa Leitão. 

O Cangaço

  Nas duas primeiras décadas passadas Pentecoste era uma aldeia de pessoas que poderiam ser chamados de selvagens, por que não tinha escolas publicas não havia autoridades, e em 1950 havia cerca de 500 habitantes. Na época os cangaceiros viviam mexendo com a população, todo mundo sofria não havia lei, nem segurança, eram eles quem mandava. Pentecoste tem dezenas de pontos, onde foi derramado sangue na época do cangaço.

     Inauguração do açude de Pentecoste.

     O açude Pereira de Miranda foi inaugurado no dia 14 de janeiro de 1957, onde o Presidente da República Juscelino Kubitschek esteve presente. Um acontecimento muito marcante para historia de Pentecoste. O povo estava numa alegria sem tamanho por assistir aquela solenidade tendo a frente o chefe da nação com aquela impressionante simplicidade, ouvindo atentamente os discursos dos principais representantes do País.

Açude de Pentecoste

Açude Pereira de Miranda

Pentecoste cidade maravilhosa

10 set

 

   Pentecoste completou 137 anos, e tem muitas historias pra contar, desde o seu nascimento até os dias atuais. Uma cidade rica em aspectos culturais, povoada por gente alegre e hospitaleira.

  

  Como filha dessa cidade, me sinto privilegiada de poder desfrutar de suas belezas e seus encantos. Como também poder mostrar à  vocês, um pouco dessa riqueza cultural.